18.1.18

Filme - Estreia a 01 de Fevereiro no Medeia Monumental
‘THE SHAPE OF WATER - A FORMA DA ÁGUA’
de Guillermo del Toro 
com Sally Hawkins e Octavia Spencer
(2017 Bull Productions) 


Estados Unidos de 1962, com a Guerra Fria em pano de fundo. No laboratório secreto de alta segurança do governo onde trabalha, a solitária Elisa está presa numa vida de isolamento. Tudo muda quando ela e a sua colega Zelda descobrem uma experiência secreta.
‘The Shape of Water - A Forma da Água’ é um drama de fantasia do realizador mexicano Guillermo del Toro, de 53 anos, autor de ‘El Espinazo del Diablo - Nas Costas do Diabo’ (2001), ‘El Laberinto del Fauno - O Labirinto do Fauno’ (2006) e ‘El Orfanato - O Orfanato’ (2007).
Venezia 74 - Leone d’Oro 2017 
“'The Shape of Water' it’s warmer and richer. Beneath that glossy, scaly surface is a beating heart.” 
The Guardian
“'The Shape of Water' is partly a code-scrambled fairy tale, partly a genetically modified monster movie, and altogether wonderful.” 
The New York Times
‘THE SHAPE OF WATER’
Guillermo del Toro 

16.1.18

Filme - Estreia a 01 de Fevereiro no Midas Cinema Ideal
‘VISAGES VILLAGES - OLHARES LUGARES’ 
de Agnès Varda e JR 
com Jean-Paul Beaujon e Amaury Bossy
(2017 Ciné Tamaris) 


A cineasta francesa Agnès Varda e JR, fotógrafo e muralista francês, partilham uma vida apaixonada pelas imagens e como são criadas, exibidas e partilhadas. Quando JR encontra Agnès Varda na sua casa em Paris, percebem de imediato que têm de trabalhar juntos, numa viagem calorosa através da França rural.
‘Visages, Villages - Olhares Lugares’ é um documentário da realizadora francesa Agnès Varda, de 89 anos, autora de ‘Sans Toit Ni Loi - Sem Eira Nem Beira’ (1985) e ‘Les Glaneurs et la Glaneuse - Os Respigadores e a Respigadora’ (2000) e ‘Les Plages d’Agnès - As Praias de Agnès’ (2008).
Sight & Sound - Best Films of 2017 
“If there’s a message in 'Visages Villages' is that one does not need to be a tortured and nasty person to make great art. She is living and still-working proof.” 
The Guardian
“'Visages Villages' reveals itself as a powerful, complex and radical work.” 
The New York Times
“'Visages Villages' nous provient d’une cinéaste en pleine forme, nous invitant à suivre le fil toujours surprenant de sa pensée, de voir par ses yeux. Ce plaisir-là ne s’épuisera jamais.” 
Cahiers du Cinéma
‘VISAGES VILLAGES’
Agnès Varda / JR 

12.1.18

Livro - Romance
‘UM CAVALO ENTRA NUM BAR’ 
David Grossman
(2018 LeYa D. Quixote) 


Numa pequena cidade israelita, Dov Greenstein, um comediante um pouco além do seu auge, faz uma noite de stand-up. Na dança entre humorista e público, com farpas voando de um lado para o outro, uma história mais profunda vai tomando forma, uma história que irá alterar a vida de muitos dos presentes.
‘Um Cavalo Entra num Bar’ é um romance, de 232 páginas, do escritor e activista israelita David Grossman, de 63 anos, autor de ‘Até ao Fim da Terra’ (2012 LeYa D. Quixote) e ‘Ver: Amor’ (2014 LeYa D. Quixote).
Booker International Prize - Fiction 2017 
“Astounding. A magnificently comic and sucker-punch-tragic excursion into brilliance. He has left a trail of blood and sweat on the page that only a true mastercould dream of replicating.” 
The New York Times
“David Grossman has transcended genre, or rather, he has descended deep into the vaults beneath. This isn’t just a book about Israel: it’s about people and societies horribly malfunctioning. David Grossman has become a master of the truth-telling tale. This is a novel for our new Age of Offence - offence easily taken and endlessly performed.” 
The Guardian
BOOKER INTERNATIONAL PRIZE 2017
‘A Horse Walks Into a Bar’ by David Grossman 

8.1.18

Cinema - Exibição
KINO 2018 
Mostra de Cinema de Expressão Alemã 
De 18 a 24 de Janeiro no Cinema São Jorge
(Goethe-Institut Portugal) 


A mostra Kino pretende dar a conhecer ao público português a grande diversidade da cinematografia de expressão alemã. Nesta 15ª edição a Kino Lisboa apresenta duas dezenas de longas-metragens estreadas em 2016 e 2017 que reflectem as actuais tendências da produção cinematográfica na Alemanha, Áustria, Suíça e Luxemburgo.
A aposta da Kino vai para a apresentação de filmes que habitualmente não entram no circuito comercial português e a selecção de produções que fizeram carreira na Berlinale e DOK Leipzig, os dois festivais de cinema mais importantes da Alemanha.
Filmes legendados em português. Bilhetes à venda no Cinema São Jorge por 4 euros.  

SELECÇÃO 
Quinta, 18 de Janeiro às 21h00 
‘Wild Maus’ (2017 Áustria 103’), de Josef Hader, com Josef Hader e Pia Hierzegger. 
O crítico de música Georg escreve há décadas para um jornal vienense. Inesperadamente é despedido pelo seu editor. Georg esconde o despedimento da sua mulher e começa a preparar a vingança. 
“Um prazer louco! Josef Hader evoca a comédia negra de forma notável.” 
Süddeutsche Zeitung 
“Josef Hader mostra o seu humor negro. Um grande filme pequeno.“ 
TAZ Die Tageszeitung
‘WILD MAUS’
Josef Hader 

6.1.18

Filme - Estreia a 18 de Janeiro no Medeia Monumental
‘CALL ME BY YOUR NAME - CHAMA-ME PELO TEU NOME’ 
de Luca Guadagnino 
com Armie Hammer e Timothée Chalamet
(2017 Frenesy Film Company) 


Verão de 1983, norte de Itália. Elio Perlman, um rapaz italo-americano, passa as férias em família, a ler, tocar música e nadar. Educado e talentoso, o inocente Elio aproxima-se de Oliver, um aluno norte-americano, o novo assistente do seu pai.
‘Call Me by Your Name - Chama-me pelo Teu Nome’ é um drama do realizador italiano Luca Guadagnino, de 47 anos, autor de ‘Io Sono l’Amore - Eu Sou o Amor’ (2009).
Sight & Sound - Best Films of 2017
'Call Me By Your Name' is a masterful work because of the specificity of its details.” 
The Guardian
‘CALL ME BY YOUR NAME’
Luca Guadagnino 

30.12.17

Filme - Estreia a 11 de Janeiro no Medeia Monumental
‘THREE BILLBOARDS - TRÊS CARTAZES À BEIRA DA ESTRADA’ 
de Martin McDonagh 
com Frances McDormand e Woody Harrelson
(2017 Blueprint Pictures) 


Depois de meses sem ser encontrado o culpado do homicídio da sua filha, Mildred Hayes aluga três cartazes à entrada da cidade de Ebbing com uma mensagem polémica dirigida a William Willoughby, chefe de polícia. Mas quando o seu adjunto Dixon, um imaturo com inclinação para a violência, se envolve, a batalha entre Mildred e a lei, descontrola-se.
‘Three Billboards Outside Ebbing, Missouri - Três Cartazes à Beira da Estrada’ é uma comédia dramática do realizador inglês Martin McDonagh, de 47 anos, autor de ‘Seven Psychopaths - Sete Psicopatas’ (2012).
“'Three Billboards' is a bold and showboating affair, robustly drawn and richly written; a violent carnival of small-town American life. Yet it has a big, beating heart, even a rough-edged compassion for its brawling inhabitants.” 
The Guardian
“Everything fits together too neatly in 'Three Billboards', even when chaos descends, but the performers add enough rough texture so that it doesn’t always feel so worked.” 
The New York Times
‘THREE BILLBOARDS’
Martin McDonagh 

28.12.17

Filme - Estreia a 04 de Janeiro no Medeia Monumental e Midas Cinema Ideal
‘L'AMANT D'UN JOUR - O AMANTE DE UM DIA’ 
de Philippe Garrel 
com Éric Caravaca e Esther Garrel
(2017 SBS Films) 


A filha de 23 anos volta para casa do pai, um professor de filosofia, depois de terminar uma relação amorosa. A nova namorada do pai, uma aluna que vive com ele, também tem 23 anos. A filha não parece ofendida pela diferença de idade entre o seu pai e a jovem.
‘L'Amant d'Un Jour - O Amante de Um Dia’ é um drama do realizador francês Philippe Garrel, de 69 anos, autor de ‘Les Amants Réguliers - Os Amantes Regulares’ (2005), ‘La Frontière de L'Aube - A Fronteira do Amanhecer (2007) e ‘L'Ombre des Femmes - À Sombra das Mulheres’ (2015).
Cahiers du Cinéma - Top Ten 2017 
“Au-delà de tout ce qu’on a vu récemment. Capacité d’imposer une logique abstraite qui n’a rien à voir avec une logique narrative.”
Cahiers du Cinéma
“Film pointilliste, aussi concis que des nouvelles, brossés dans de splendides lavis en noir et blanc, et consacrés à chaque fois au récit particulier d’un 'épisode' amoureux.” 
Le Monde
“On pourrait dire que c’est de la routine mais non, point du tout. C’est le sommet de l’art: la simplicité. Philippe Garrel travaille et progresse, essaie d’être encore meilleur.” 
Les Inrockuptibles
‘L’AMANT D’UN JOUR’
Philippe Garrel 

26.12.17

Festa - Novo Ano
NYE* 
2017 > 2018  
Domingo, 31 de Dezembro, das 00h30 às 06h00, no Lux


A festa de novo ano ‘NYE* 2017 > 2018', no Lux, reúne os DJs residentes André Cascais, Dexter, Inês Duarte, Leonaldo de Almeida, Pinkboy, Rui Vargas, Switchdance, Tiago, Yen Sung e Zé Pedro Moura. Club de referência e de culto para os melhores DJs da actualidade, em 2017 actuaram no Lux nomes como Omar S, Dixon, DJ Harvey, Jon Hopkins, Âme, Daphni e Seth Troxler.
Um armazém em Santa Apolónia foi transformado no bar-disco mais cosmopolita do país. Divide-se por três pisos: disco, bar (cercado por varandas abertas sobre o rio) e terraço. O Lux é reconhecido pela decoração e ambiente modernos e sofisticados. Combina um universo cinematográfico (o actor John Malkovitch é sócio do proprietário Manuel Reis) com projecção vídeo de grandes dimensões e uma colecção de cadeiras de design contemporâneo.

BAR 
André Cascais, Dexter, Inês Duarte, Leonaldo de Almeida e Pinkboy.
DISCO 
Rui Vargas, Switchdance, Tiago, Yen Sung e Zé Pedro Moura.
NYE* 2017 > 2018
Lux 

24.12.17

DJ Set
HUNEE 
Heineken Series 
Sábado, 30 de Dezembro, às 23h30, no Musicbox Lisboa


Produtor e DJ sul-coreano house/disco/afro/techno, Hunee opera nos seus próprios termos. Desde 2009, tem afirmado a sua alma ritmica e divertida. Sempre entusiasmado, selecciona com paixão sets transversais, revelando conhecimento, emoção e ecletismo.
Hunee mistura registos de house, afrobeat e leftfield disco quer para clubs e festivais em todo o mundo, quer para o seu programa semanal na rádio NTS. Nos álbuns, estreou-se com ‘Hunch Music’ (2015 Rush Hour), repleto de house/groove e eleito Resident Advisor - Top Albuns 2015. Depois da actuação no Lisboa Dance Festival 2017, Hunee regressa, desta vez, ao club do Cais do Sodré.
BOILER ROOM DEKMANTEL FESTIVAL AMSTERDAM 2015
Hunee

22.12.17

Balanço - Álbuns do Ano
‘FACT’
Music news, new music
Best Albums of 2017
(Vinyl Factory)


A equipa da 'Fact' acaba de eleger os 'Best Albums of 2017', os melhores álbuns editados este ano. Opinativa, bem informada, apaixonada e subversiva, a magazine 'Fact' é uma das mais influentes publicações online especializadas em nova música. Baseada em Londres, a publicação digital dirigida por Tom Lea é propriedade da Vinyl Factory que detém ainda a Phonica, a mais esclarecida e influente loja de discos de Londres.
Fundada em 2003, a revista bimestral inglesa ‘Fact’ foi uma publicação especializada em música nova e street culture, distribuída gratuitamente em lojas de discos independentes no Reino Unido, França, Alemanha, Espanha e Japão. A versão impressa deixou de ser publicada no início de 2009 para se manter apenas a edição online que oferece mixes semanais, competições e TV online com tudo sobre nova música. 

FACT - BEST ALBUMS OF 2017 
01. ‘Async’ Ryuichi Sakamoto (Milan) 
02. ‘A Flame my Love, a Frequency’ Colleen (Thrill Jockey) 
03. ‘Ctrl’ SZA (Top Dawg Entertainment) 
04. ‘Dulce Compañia’ DJ Python (Incienso) 
05. ‘Hndrxx’ Future (A1) 
06. ‘Dust’ Laurel Halo (Hyperdub) 
07. ‘Common Sense’ J Hus (Black Butter) 
08. ‘Before I Wake’ Kamaiyah (Self-released) 
09. ‘Superlative Fatigue’ Errorsmith (PAN) 
10. ‘Ukg’ TQD (Butterz)
‘ASYNC’
Ryuichi Sakamoto
Fact - Best Albums of 2017

20.12.17

Filme - Estreia a 28 de Dezembro no UCI El Corte Inglés
‘IT COMES AT NIGHT - ELE VEM À NOITE’ 
de Trey Edward Shults 
com Joel Edgerton e Christopher Abbott
(2017 Animal Kingdom) 


O jovem Travis vive com os pais num seguro lugar remoto com vigilância armada. Quando um jovem casal desesperado e o seu pequeno filho aparecem em busca de abrigo, Travis descobre que o empenho do seu pai em proteger a família pode vir a custar a sua alma.
‘It Comes at Night - Ele Vem à Noite’ é um drama de terror e acção do realizador norte-americano Trey Edward Shults, de 29 anos, autor de ‘Krisha’ (2015).
“'It Comes at Night' is pretty terrifying to sit through, but it may be even scarier after it’s over, when you sift through what you’ve seen and try to piece together what it may have meant.” 
The New York Times
“Tout reste trop sec pour émouvoir. Mais 'It Comes at Night' reste suffisamment intrigant pour qu’on attende le prochain film du réalisateur avec curiosité.”  
Cahiers du Cinéma 
“Le réalisateur américain Trey Edward Shults réussit à mêler tragédie intimiste et film catastrophe.” 
Le Monde
‘IT COMES AT NIGHT’
Trey Edward Shults 

18.12.17

Filme - Estreia a 28 de Dezembro no Medeia Monumental
‘BARBARA’
de Mathieu Amalric
com Jeanne Balibar e Mathieu Amalric
(2017 Waiting For Cinema)


A actriz Brigitte trabalha a personagem da icónica cantora Barbara para a interpretar num filme. As coisas prosseguem. A personagem vai crescendo dentro dela. Começa mesmo a invadi-la. Yves, o realizador, também vai trabalhando e parece inspirado pela actriz, ou por Barbara.
‘Barbara’ é um drama biográfico do realizador francês Mathieu Amalric, de 52 anos, autor de ‘Tourneé - Em Digressão’ (2010) e ‘La Chambre Bleue’ (2014).
“Le réalisateur et l’interprète font mine de se perdre entre la fiction d’une biographie filmée et la réalité du tournage de celle-ci, alors qu’en réalité ils conduisent d’une main très sûre le spectateur à travers la vie et l’art de 'Barbara'.“
Le Monde
“Once you settle into your bewilderment, however, 'Barbara' an oddly alluring film that does a double backflip on hokey showbiz-bio convention: not an informative introduction to the singer by any means, but a suitably eccentric evocation of her creative essence.“
The Guardian
‘BARBARA’
Mathieu Amalric 

16.12.17

Balanço - Filmes do Ano
‘FILM COMMENT’
Is for film lovers  
Best Films of 2017
(Film Society of Lincoln Center)  


Na sua edição de Janeiro/Fevereiro, a ‘Film Comment’ apresenta os melhores filmes do ano estreados e os melhores filmes descobertos em festivais de cinema e sem distribuição nos Estados Unidos, eleitos por uma centena de críticos e colaboradores da revista.
Publicada pela Film Society of Lincoln Center, a ‘Film Comment’ é a mais respeitada revista norte-americana sobre cinema. A publicação bimestral inclui entrevistas, críticas e discussões sobre filmes novos e clássicos e acompanha filmes em produção. É uma revista dirigida a espectadores de cinema independente norte-americano, das melhores produções de Hollywood e de cinema de autor de todo o mundo.
Revista 'Film Comment' à venda em Portugal nas lojas de imprensa internacional.  

FILM COMMENT - BEST FILMS OF 2017 
Best Released Films in the USA  
01. ‘Good Time’ de Josh e Beny Safdie (Estados Unidos)   
02. ‘A Quiet Passion’ de Terence Davies (Inglaterra) 
03. ‘Personal Shopper’ de Olivier Assayas (França) 
04. ‘Get Out - Foge’ de Jordan Peele (Estados Unidos)  
05. ‘Nocturama’ de Bertrand Bonello (França) 
Best Undistributed Films in the USA  
01. ‘A Fábrica de Nada’ de Pedro Pinho (Portugal) 
02. ‘Krotkaya’ de Sergei Loznitsa (Ucrânia) 
03. ‘Streetscapes’ de Heinz Emigholz (Alemanha) 
04. ‘Milla’ de Valérie Massadian (França) 
05. ‘Tonsler Park’ de Kevin Jerome Everson (Estados Unidos)
‘GOOD TIME’
Josh and Beny Safdie 
Film Comment - Best Films of 2017

14.12.17

Live Act - DJ Set
SETH TROXLER 
Visionquest 
Sábado, 23 de Dezembro, a partir das 00h30, no Lux


O DJ e produtor house/techno norte-americano Seth Troxler iniciou a sua carreira como DJ e empregado numa loja de discos de Detroit. Depois de organizar noites rave/underground techno nos Estados Unidos, funda as editoras Visionquest, Tuskegee, Soft Touch e Play It, Say It e abre o restaurante Smokey Tails, em Londres. Percorre clubs e festivais mundiais e torna-se residente de clubs de Berlim e Zurique.
Sempre polémico e apaixonado a defender a autenticidade e influencia dos mestres house/techno e funk/disco, Seth Troxler editou o mix-álbum ‘DJ-Kicks Seth Troxler’ (2015 !K7) com temas deep house/garage house e downtempo/free jazz. Um regresso ao Lux depois da actuação ‘RA in Residence’ no club de Santa Apolónia em 2016.
“Uma das figuras maiores do house (e géneros que em volta gravitam) da última década.” 
Lux
Bilhetes à venda na bilheteira do Lux a partir das 23h00 do dia do evento.
BOILER ROOM SALVADOR 2017
Seth Troxler 

12.12.17

Filme - Estreia a 21 de Dezembro no Medeia Espaço Nimas e Midas Cinema Ideal
‘UN BEAU SOLEIL INTÉRIEUR - O MEU BELO SOL INTERIOR’ 
de Claire Denis 
com Juliette Binoche e Xavier Beauvois
(2017 Curiosa Films) 


Nos seus 50 anos, Isabelle é uma artista parisiense e mãe divorciada que vive sozinha. A sua decepção com as relações amorosas não a faz perder a esperança. Procura o amor e, apesar da insatisfação, não desiste.
‘Un Beau Soleil Intérieur - O Meu Belo Sol Interior’ é uma comédia dramática da realizadora francesa Claire Denis, de 69 anos, autora de ‘Nénette et Boni’ (1997) e ‘Beau Travail’ (1999).
“This is grownup film-making, more savoury than sweet, seductive, oblique and carried by a wonderfully smart and emotionally generous performance from Juliette Binoche.” 
The Guardian
“'Un Beau Soleil Intérieur' est probablement son film le plus volubile, le plus drôle aussi.” 
Cahiers du Cinéma
‘UN BEAU SOLEIL INTÉRIEUR’
Claire Denis