30.12.14

Revista semanal
‘E’
A Revista do 'Expresso'
(2014 Impresa Publishing)


A nova revista ‘E’ é um novo produto editorial do semanário ‘Expresso’ que vem complementar a leitura do 1º Caderno e do do caderno Economia. A publicação assume-se como uma revista de comportamentos, grandes formatos jornalísticos, cultura e recomendações para os tempos livres. A ‘E’ mantém os colunistas da antiga ‘Revista’ e do ‘Atual’ e surge com novas colunas e secções.
Com um formato maior de 265 x 337 mm e um desenho sofisticado a revista ‘E’ é dividida em quatro partes, alinhada pelas secções Fisga (temas da actualidade), +E (entrevistas, reportagens, perfis e portefólios), Culturas (lançamentos, estreias e crónicas) e Vícios (roteiros, gastronomia, vinhos, compras e saídas nocturnas).
A partir de sábado, 10 de Janeiro, grátis com o ‘Expresso’.
REVISTA E AUMENTADA
'E'


28.12.14

Filme - Estreia a 08 de Janeiro no Midas Cinema Ideal
‘ADIEU AU LANGAGE - ADEUS À LINGUAGEM’ 
de Jean-Luc Godard 
com Héloise Godet e Kamel Abdeli
(2014 Wild Bunch) 


Uma mulher casada e um homem solteiro encontram-se. Vivem um relacionamento marcado pela falta de comunicação, uma vez que os dois não falam a mesma língua. O cão deles resolve intervir e falar.
Um drama experimental em 3D do realizador francês Jean-Luc Godard, de 85 anos, autor de ‘À Bout de Souffle - O Acossado’ (1960), ‘Le Mépris - O Desprezo’ (1963), ‘Pierrot le Fou - Pedro o Louco’ (1965) e ‘Film Socialism - Filme Socialismo’ (2010).
Festival de Cannes - Prix du Jury 2014 
Film Comment - Best Films of 2014 
Cahiers du Cinéma - Les Dix Meilleurs Films 2014 
Sight & Sound - Best Films of 2014 
“It is baffling and beautiful, a flurry of musical and literary snippets arrayed in counterpoint to a series of brilliantly colored and hauntingly evocative pictures.” 
The New York Times
“It is an uncompromising and exasperating 70-minute cine-collage placed before us on a take-it-or-leave-it basis, composed of fragments of ideas, shards of disillusionment.” 
The Guardian
“Un mash-up poétique, critique, philosophique et même scatologique du XXème siècle. Un adieu à l’existence?” 
Les Inrockuptibles
‘ADIEU AU LANGAGE’
Jean-Luc Godard



26.12.14

Festa - Novo Ano
NYE 2014 - 2015 
New Years Eve 
Quarta, 31 de Dezembro, das 00h30 às 06h00, no Lux


A festa de novo ano 'NYE 2014 - 2015', no Lux, reúne os DJs residentes SwitchSt(d)ance, Rui Vargas, Ramboiage, André Cascais, Dexter, Yen Sung, Pinkboy, Zé Pedro Moura, Tiago e Leonaldo de Almeida. Club de referência e de culto para os melhores DJs da actualidade, em 2014 actuaram no Lux nomes como Ben Klock, Matias Aguayo e John Talabot, entre muitos outros.
Um armazém lisboeta, em Santa Apolónia, foi transformado no bar-disco mais cosmopolita do país. Divide-se por três pisos: disco, bar (cercado por varandas abertas sobre o rio) e terraço. O Lux é reconhecido pela sua decoração e ambiente modernos e sofisticados. Combina um universo quase cinematográfico (o actor John Malkovitch é sócio do proprietário Manuel Reis) com projecção vídeo de grandes dimensões e uma colecção de cadeiras de design contemporâneo.

Bar 
André Cascais, Dexter, Leonaldo de Almeida, Pinkboy e Ramboiage 
Disco 
Rui Vargas, SwitchSt(d)ance, Tiago, Yen Sung e Zé Pedro Moura
NEW YEARS EVE
Lux


22.12.14

Balanço - Álbuns do Ano
'RESIDENT ADVISOR' 
The leading online electronic music magazine 
Top Albums of 2014


A equipa redactorial da ‘RA Resident Advisor’ acaba de revelar o ‘Top Albums of 2014’, os álbuns essenciais do ano e que já fazem parte da cultura de música electrónica. A magazine online de música electrónica ‘RA Resident Advisor’ foi fundada em 2000, na Austrália, por Paul Clement e Nick Sabine, e dedica-se à cena global da música de dança para um público internacional.
Com redacções em Londres e Berlim e colaboradores em todo o mundo, a ‘RA Resident Advisor’ conta com uma equipa editorial que oferece música, notícias e críticas de singles, álbuns e eventos, bem como entrevistas com músicos e artistas emergentes. A magazine online gere também agendas de eventos, clubs e promotores, venda de bilhetes, galerias de fotos, perfis de DJ e editoras, listas de DJs e podcasts.

TOP ALBUMS OF 2014 
01. ‘Faith In Strangers’ Andy Stott (Modern Love) 
02. ‘Psychic 9-5 Club’ HTRK (Ghostly International) 
03. ‘Submit X’ Gesloten Cirkel (Murder Capital) 
04. ‘Syro’ Aphex Twin (Warp) 
05. ‘Flatland’ Objekt (PAN) 
06. ‘Angels & Devils’ The Bug (Ninja Tune) 
07. ‘Minutes of Sleep’ Francis Harris (Scissor & Thread) 
08. ‘Workshop 19’ Kassem Mosse (Workshop) 
09. ‘After Forever’ Joey Anderson (Dekmantel) 
10. ‘Moodymann’ Moodymann (KDJ)
‘FAITH IN STRANGERS’
Andy Stott



‘CHINATOWN STYLE’
HTRK

20.12.14

Filme - Estreia a 01 de Janeiro no Medeia Monumental
‘FOXCATCHER’ 
de Bennett Miller 
com E. Max Frye e Dan Futterman
(2014 Annapurna Pictures) 


Campeão olímpico de luta greco-romana, Mark Schultz sempre treinou com o seu irmão mais velho, David, uma lenda no desporto. Até que, um dia, recebe um convite do milionário John du Pont para que entre na sua equipa Foxcatcher. Atraído pelo salário e condições, Mark aceita a proposta mas acaba seguindo um caminho perigoso para um atleta.
Um drama biográfico do realizador norte-americano Bennett Miller, de 48 anos, autor de ‘Capote’ (2005) e ‘Moneyball - Jogada de Risco’ (2011).
AFI - Movies of the Year 2014 
“It is a gripping film: horrible, scary and desperately sad.” 
The Guardian
“Bennett Miller does his finest work with his three superb leads.” 
The New York Times
‘FOXCATCHER’
Bennett Miller

18.12.14

Balanço - Álbuns do Ano
‘XLR8R’  
Accelerating music & culture 
Best of 2014 - Releases


A publicação norte-americana especializada em música electrónica 'XLR8R' (lê-se accelerator) acaba de divulgar a lista ‘Best of 2014 - Releases’, os melhores álbuns do ano eleitos pelos colaboradores.  Editada por Shawn Reynaldo e com redacção em São Francisco e Nova Iorque, a 'XLR8R', tem edição online e assume-se como a publicação independente de música electrónica líder nos Estados Unidos.
De 1993 a 2011, como revista impressa bimestral, e a partir daí online, a 'XLR8R' faz a cobertura da música electrónica, indie rock, hip-hop, reggae/dancehall, cultura, estilos e tecnologia. A publicação aposta num design arrojado, na qualidade das fotografias e em conteúdos jornalísticos exigentes. 

BEST OF 2014 - RELEASES  
01. ‘Suzi Ecto’ Call Super (Houndstooth) 
02. ‘Workshop 19’ Kassem Mosse (Workshop) 
03. ‘Music for the Uninvited’ Leon Vynehall (3024) 
04. ‘Submit X’ Gesloten Cirkel (Murder Capital) 
05. ‘Looking Forward to You EP’ Jack J (Mood Hut) 
06. ‘Magazine 13’ Barnt (Magazine) 
07. ‘It's Album Time’ Todd Terje (Olsen) 
08. ‘Flatland’ Objekt (PAN) 
09. ‘Terekke EP’ Terekke (L.I.E.S.) 
10. ‘Megatrap’ Head High (Power House)
‘SULU SEKOU’
Call Super



‘UNTITLED A1’
Kassem Mosse

16.12.14

Balanço - Filmes do Ano
‘FILM COMMENT’ 
Is for film lovers  
Best Films of 2014
(Film Society of Lincoln Center)


Na sua edição de Janeiro/Fevereiro, a ‘Film Comment’ apresenta os melhores filmes do ano estreados e os melhores filmes descobertos em festivais de cinema e sem distribuição nos Estados Unidos, eleitos por uma centena de críticos e colaboradores da revista.
Publicada pela Film Society of Lincoln Center, a ‘Film Comment’ é a mais respeitada revista norte-americana sobre cinema. A publicação bimestral inclui entrevistas, críticas e discussões sobre filmes novos e clássicos e acompanha filmes em produção. É uma revista dirigida a espectadores de cinema independente norte-americano, das melhores produções de Hollywood e de cinema de autor de todo o mundo.
Revista à venda em Portugal nas lojas de imprensa internacional. 

BEST FILMS OF 2014 
Released theatrically in the U.S.  
01. ‘Boyhood - Momentos de Uma Vida’ de Richard Linklater (Estados Unidos) 
02. ‘Adieu au Langage - Adeus à Linguagem’ de Jean-Luc Godard (França)  
03. ‘Under the Skin - Debaixo da Pele’ de Jonathan Glazer (Reino Unido)  
04. ‘Ida’ de Pawel Pawlikowski (Polónia) 
05. ‘Under the Skin - Debaixo da Pele’ de Jonathan Glazer (Reino Unido)  
Unreleased films in the U.S.  
01. ‘Le Meraviglie - As Maravilhas’ de Alice Rohrwacher (Itália) 
02. ‘Ja-yu-eui Eon-deok’ de Hong Sang-soo (Coreia do Sul) 
03. ‘Pasolini’ de Abel Ferrara (Estados Unidos) 
04. ‘The Iron Ministry’ de J.P. Sniadecki (Estados Unidos) 
05. ‘Mula sa Kung Ano ang Noon’ de Lav Diaz (Filipinas)
‘BOYHOOD’
Richard Linklater 
Film Comment - Best Films of 2014



'LE MERAVIGLIE'
Alice Rohrwacher
Film Comment - Best Films of 2014

14.12.14

Balanço - Álbuns do Ano
‘FACT’ 
Music news, new music
Best Albums of 2014
(Vinyl Factory)  


A equipa da 'Fact' acaba de eleger os 'Best Albums of 2014', os melhores álbuns editados este ano. Opinativa, bem informada, apaixonada e subversiva, a magazine 'Fact' é a melhor revista online britânica especializada em nova música. A publicação digital dirigida por Tom Lea é propriedade da Vinyl Factory que detém ainda a Phonica, a mais esclarecida e influente loja de discos de Londres.
Fundada em 2003, a revista bimestral inglesa ‘Fact’ foi uma publicação especializada em música nova e street culture, distribuída gratuitamente em lojas de discos independentes no Reino Unido, França, Alemanha, Espanha e Japão. A versão impressa deixou de ser publicada no início de 2009 para se manter apenas a edição online que oferece mixes semanais, competições e tudo sobre nova música.

FACT - BEST ALBUMS OF 2014 
01. ‘Benji’ Sun Kil Moon (Caldo Verde) 
02. ‘Parallel Memories’ Mr. Mitch (Planet Mu) 
03. ‘PC Music x DISown Radix’ PC Music (InFiné) 
04. ‘Faith in Strangers’ Andy Stott (Modern Love) 
05. ‘Superimpositions’ Lorenzo Senni (Boomkat Editions) 
06. ‘My Krazy Life’ YG (Def Jam) 
07. ‘Where We Come From’ Popcaan (Mixpak) 
08. ‘Under the Skin’ Mica Levi (Milan) 
09. ‘Super Saiyan Vol. 1’ Sicko Mobb (Self-released) 
10. ‘Butterfly Effect’ Shinichi Atobe (Demdike Stare)
‘BEN'S MY FRIEND’
Sun Kil Moon



‘DON'T LEAVE’
Mr. Mitch

12.12.14

Filme - Estreia a 25 de Dezembro no Medeia Monumental
‘3 COUERS - 3 CORAÇÕES’ 
de Benoît Jacquot 
com Benoît Poelvoorde e Charlotte Gainsbourg
(2014 Rectangle Productions) 


Numa noite na província, Marc encontra Sylvie depois de perder o comboio para regressar a Paris. Deambulam pelas ruas até de manhã, falando de tudo, excepto deles próprios, numa sintonia rara. Dias depois, num encontro em Paris, Sylvie aparece, mas Marc falta. Ele acaba por conhecer Sophie, sem saber que é irmã de Sylvie.
Um drama do realizador francês Benoît Jacquot, de 67 anos, autor de ‘L'Ecole de la Chair’ (1998), ‘À Tout de Suite’ (2004), ‘L'Intouchable’ (2006) e ‘Les Adieux à la Reine - Adeus, Minha Rainha’ (2012).
“Motif classique du romantisme noir et expérimentation ultra contemporaine, qui ne font que rehausser la précision naturaliste de ces scènes.” 
Les Inrockuptibles
“Le ratage de ‘3 cœurs’ s’explique par un fantasme tenace du cinéma français: celui du romanesque, qui n’est au fond qu’une caricature du romantisme.” 
Cahiers du Cinéma
‘3 COUERS’
 Benoît Jacquot

10.12.14

Filme - Estreia a 25 de Dezembro no Medeia Monumental
‘MR. TURNER’ 
de Mike Leigh 
com Timothy Spall e Paul Jesson
(2014 Film 4) 


Afectado pela morte do pai, o pintor britânico JMW Turner (1775-1851) estabelece uma relação com Mrs. Booth, com quem vive incógnito em Chelsea. Ao longo destes anos, viaja, pinta, frequenta a aristocracia, visita bordéis e torna-se um artista estimado e indisciplinado da Royal Academy of Arts, reconhecido e desprezado pelo público e pela realeza.
Um drama biografico do realizador inglês Mike Leigh, de 71 anos, autor de ‘Naked - Nu’ (1993), ‘Secrets & Lies - Segredos e Mentiras’ (1996), ‘Vera Drake’ (2004), ‘Happy-Go-Lucky - Um Dia de Cada Vez’ (2008) e ‘Another Year - Um Anos Mais’ (2011).
“What a glorious film this is, richly and immediately enjoyable, hitting its satisfying stride straight away. It's funny and visually immaculate.”
The Guardian
“Le réalisateur britannique approche avec force et grâce le mystère de création du maître.” 
Le Monde
‘MR. TURNER’
Mike Leigh

8.12.14

Balanço - Filmes do Ano
'CAHIERS DU CINÉMA' 
Toute l’actualité du cinema 
Les Dix Meilleurs Films 2014
(Phaidon) 


Na edição de Dezembro, a ‘Cahiers du Cinéma’ apresenta o ‘Les Dix Meilleurs Films 2014’, os melhores filmes do ano, numa escolha da redacção. Fundada em França em 1951, a revista ‘Cahiers du Cinéma’ formou gerações de cinéfilos entusiastas e provocadores e instituiu a política de autores. Muitos jovens cineastas franceses começaram por ser colaboradores da publicação antes de se tornarem realizadores.
A mais prestigiada publicação francesa sobre cinema é actualmente propriedade da editora inglesa Phaidon e tem como director Stéphane Delorme. As páginas da revista mantêm-se abertas à reflexão dos cineastas da actualidade.
Revista à venda em Portugal nas lojas de imprensa internacional

CAHIERS DU CINÉMA - LES DIX MEILLEURS FILMS 2014 
01. ‘P'tit Quinquin - O Pequeno Quinquin’ de Bruno Dumont (França) 
02. ‘Adieu au Langage - Adeus à Linguagem’ de Jean-Luc Godard (França) 
03. ‘Under the Skin - Debaixo da Pele’ de Jonathan Glazer (Reino Unido) 
04. ‘Maps to the Stars’ de David Cronenberg (Canadá) 
05. ‘Kaze Tachinu - As Asas do Vento’ de Hayao Miyazaki (Japão) 
06. ‘Nymphomaniac - Ninfomaníaca’ de Lars von Trier (Dinamarca) 
07. ‘Mommy - Mamã’ de Xavier Dolan (Canadá) 
08. ‘Love is Strange’ de Ira Sachs (Estados Unidos) 
09. ‘Le Paradis’ de Alain Cavalier’ (França) 
10. ‘U ri Sunhi’ de Hong Sang-soo (Coreia do Sul)
‘P'TIT QUINQUIN’
Bruno Dumont
Cahiers du Cinéma - Les Dix Meilleurs Films 2014



‘UNDER THE SKIN’
Jonathan Glazer
Cahiers du Cinéma - Les Dix Meilleurs Films 2014

6.12.14

Filme - Estreia a 18 de Dezembro no Medeia Monumental
‘MOMMY - MAMÃ’ 
de Xavier Dolan 
com Anne Dorval e Antoine-Olivier Pilon
(2014 Metafilms) 


Uma mãe solteira viúva com muita garra, dá por si com o fardo de ter a guarda exclusiva do seu filho de 15 anos, que sofre de Perturbação de Hiperactividade e Défice de Atenção. Enquanto ela tenta sustentar ambos e lida com esta situação difícil, Kyla, a nova e peculiar vizinha da frente, oferece-se para a ajudar. Juntos encontram um novo sentido de equilíbrio e esperança.
Um drama do realizador e actor canadiano Xavier Dolan, de 25 anos, autor de ‘J'ai Tué Ma Mère’ (2009), 'Les Amours Imaginaires - Amores Imaginários' (2010) e ‘Tom à la Ferme - Tom na Quinta’ (2013).
Festival de Cannes - Prix du Jury 2014 
Cahiers du Cinéma - Les Dix Meilleurs Films 2014
“Avec ce mélo électrique, le système Xavier Dolan, fait d’emphase et de lyrisme, carbure à plein régime.” 
Les Inrockuptibles
“'Mommy' est le film de la rentrée, un amour de film, celui qui nous perturbe.” 
Libération
“Xavier Dolan's energy and attack is thrilling; his movie is often brilliant and very funny in ways which smash through the barriers marked Incorrect and Inappropriate.” 
The Guardian
‘MOMMY’
Xavier Dolan

4.12.14

Arte Contemporânea - Prémio
TURNER PRIZE 2014 
Contemporary Art Award 
Duncan Campbell vence prémio de artes visuais britânico
(Tate Britain)


O Turner Prize, na sua trigésima edição, acaba de ser atribuído ao controverso artista irlandês Duncan Campbell, de 42 anos. O prémio distingue a ambiciosa e complexa obra/filme 'It for Others', que explora o tema do valor da arte e foi exposta pela primeira vez no pavilhão escocês da La Bienalle di Venezia 2013.
Criado em 1984 pela Tate Britain, o Turner Prize, no valor de 25 mil libras, é o mais importante, controverso e vanguardista prémio de artes visuais da Europa e visa reconhecer artistas britânicos ou a residir no Reino Unido e com menos de 50 anos, nomeados pela realização de uma exposição ou mostra.
Em exposição na Tate Britain (Londres) até 04 de Janeiro
‘IT FOR OTHERS’
Duncan Campbell
Turner Prize 2014

2.12.14

Balanço - Filmes do Ano
'SIGHT & SOUND'  
The international film magazine
Best Films of 2014
(BFI)  


Na edição de Janeiro da 'Sight & Sound' os 100 colaboradores da revista elegem os ‘Best Films of 2014’, os melhores filmes do ano.
Editada deste 1932 pelo British Film Institute, a revista mensal independente sobre cinema 'Sight & Sound' é reconhecida internacionalmente pelas críticas, reportagens e ensaios que publica sobre filmes, festivais e cinematografias de todo o mundo. Informação, comentários, entrevistas, retrospectivas e as estreias mais recentes pelos melhores jornalistas e críticos, numa revista inspirada pelo cinema e dirigida por Nick James.
Revista à venda em Portugal nas lojas de imprensa internacional 

SIGHT & SOUND - BEST FILMS OF 2014 
01. ‘Boyhood - Momentos de Uma Vida’ de Richard Linklater (Estados Unidos) 
02. ‘Adieu au Langage - Adeus à Linguagem’ de Jean-Luc Godard (França) 
03. ‘Leviafan’ de Andrey Zvyagintsev (Rússia) 
03. ‘Cavalo Dinheiro’ de Pedro Costa (Portugal) 
05. ‘Under the Skin - Debaixo da Pele’ de Jonathan Glazer (Reino Unido) 
06. ‘The Grand Budapest Hotel’ de Wes Anderson (Estados Unidos) 
07. ‘Kis Uykusu - Sono de Inverno’ de Nuri Bilge Ceylan (Turquia) 
08. ‘Plemya’ de Myroslav Slaboshpytskiy (Ucrânia) 
09. ‘Ida’ de Pawel Pawlikowski (Polónia)
‘BOYHOOD’
Richard Linklater 
Sight & Sound - Best Films of 2014



‘ADIEU AU LANGAGE'
Jean-Luc Godard
Sight & Sound - Best Films of 2014

28.11.14

Prémio - Coffeeshops
CANNABIS CUP 2014 
27th Annual Amsterdam Cannabis Cup 
(High Times Magazine) 


A High Times Amsterdam Cannabis Cup é o mais importante festival de cannabis do mundo. Fundado em 1987, o evento realiza-se anualmente em Novembro em Amesterdão, na Holanda. O festival permite a participantes de todo o mundo experimentar e votar nas cabeças de cannabis favoritas para fumar. O júri popular, que mobiliza muitos turistas, ultrapassa os 2 500 participantes que antecipadamente compram o passe por 250 euros, embora seja possível participar como observador, sem direito a voto. Grande parte da cannabis a concurso é produção local das coffeeshops de Amesterdão.
A High Times Amsterdam Cannabis Cup inclui também música ao vivo, comédia, exposição de produtos e aulas de especialistas da indústria. As provas das plantas psicoactivas decorrem nas coffeeshops concorrentes e as cerimónias no club Melkweg. A High Times Amsterdam Cannabis Cup é promovida pela revista mensal norte-americana ‘High Times Magazine’, voz da comunidade da cannabis, de Amesterdão à Califórnia e tudo à volta.

HIGH TIMES AMSTERDAM CANNABIS CUP 2014
Best Coffeeshop Strain 
1. ‘Cookies Kush’ Barney’s Coffeeshop 
2. ‘OG Reekn’ Green Place 
3. ‘Pure Kush’ Green House
DERRY FROM BARNEY'S PRESENTS THE WINNERS
High Times Amsterdam Cannabis Cup 2014

26.11.14

Filme - Estreia a 11 de Dezembro no Medeia Monumental
‘BAI RI YAN HUO - CARVÃO NEGRO, GELO FINO’
de Yi’nan Diao 
com Fan Liao e Lun Mei Gwei
(2014 Omnijoi Media) 


Norte da China. Ao investigar um homicídio, o detective Zhang é gravemente ferido e forçado a aposentar-se. Passam cinco anos. Dão-se mais homicídios. Zhang, determinado a resolver o caso, apaixona-se por uma mulher misteriosa, Wu Zhizhen, que aparenta estar relacionada com as vítimas.
Um drama de acção do realizador chinês Yi’nan Diao, de 45 anos, autor de ‘Zhifu - Uniform’ (2003) e ‘Ye Che - Night Train’ (2007).
Berlinale - Goldener Bar 2014 (melhor filme)
“Une fresque flambant neuve, hargneuse et cafardeuse, d’où jaillit sans prévenir une nouvelle et étincelante nuance de noir.” 
Libération
“Aussi haletant que plastiquement abouti, un thriller moderne et violent qui installe son auteur aux côtés des meilleurs cinéastes chinois.” 
Les Inrockuptibles
“Le réalisateur poursuit un art qui mêle à merveille histoire personnelle et destin collectif, fable et chronique sociale.” 
Le Monde
‘BAI RI YAN HUO’
Yi’nan Diao

24.11.14

Livro - Novela Gráfica
‘SAGA - VOLUME UM’ 
Brian K. Vaughan e Fiona Staples 
(2014 G Floy Studio)


Uma terrível guerra assola a galáxia, onde dois soldados de lados opostos se apaixonam e têm uma filha, Hazel. Acusados de terem provocado um massacre, Alana, do planeta Landfall e Marko, do planeta Wreath, são obrigados a fugir dos seus exércitos que querem evitar que a sua relação prejudique o moral das tropas.
Fantasia e ficção-científica juntam-se na novela gráfica ‘Saga - Volume Um’, com 160 páginas, do argumentista norte-americano Brian K. Vaughan (autor de ‘Y: The Last Man’) e da desenhadora canadiana Fiona Staples (autora de ‘North 40’). A série de banda desenhada ‘Saga’, um épico subversivo e provocante, iniciou a sua publicação em 2012, nos Estados Unidos, pela editora Image Comics.
Eisner Awards - Best Continuing Series, Best New Series and Best Writer 2013 
Harvey Awards - Best Writer, Best Artist and Best New Series 2013 
Hugo Awards - Best Graphic Story 2013 
“Mischievous, vulgar and gloriously inventive.” 
Time Magazine
EPIC SPACE OPERA/FANTASY COMIC BOOK SERIES
‘Saga’

22.11.14

Filme - Estreia a 04 de Dezembro no Midas Cinema Ideal
‘CAVALO DINHEIRO’
de Pedro Costa 
com Furtado e Vitalina Varela
(2014 Optec) 


Enquanto os jovens capitães fazem a revolução nas ruas, os habitantes das Fontainhas procura Ventura, que se perdeu no bosque. O percurso do bairro social da periferia de Lisboa e as memórias desoladas de um emigrante cabo-verdiano numa paisagem imaginária, parte passado, parte presente, toda espaço mental.
Um documentário do realizador português Pedro Costa, de 55 anos, autor de ‘O Sangue’ (1989), ‘Casa de Lava’ (1994), ‘Ossos’ (1997), ‘No Quarto da Vanda’ (2000) e ‘Juventude em Marcha’ (2006).
Festival del Film Locarno - Migliore Regia 2014 (melhor realizador)
Sight & Sound - Best Films of 2014 
“A rich, almost impermeably strange example of Pedro Costa's slow-burn approach to abstract storytelling, ‘Cavalo Dinheiro’ is subdued and cryptic to the point as a cinematic tone poem.” 
Indiewire
'CAVALO DINHEIRO'
Pedro Costa

20.11.14

CD - Álbum
‘FAITH IN STRANGERS’
Andy Stott 
(2014 Modern Love) 


Produtor techno/dub/club baseado em Manchester, o inglês Andy Stott estreou-se com o álbum ‘Merciless’ (2006 Modern Love), a que se seguiu ‘Unknown Exception’ (2008 Modern Love), para além de ter realizado várias produções na dupla Millie & Andrea.
Depois de ter editado o intenso e inspirado álbum ‘Luxury Problems’ (2012 Modern Love), Andy Stott regressa agora com o novo álbum ‘Faith in Strangers’, onde privilegia o analógico em detrimento do digital e apresenta um som bem definido e volta a contar com a colaboração vocal de Alison Skidmore. Batidas electrónicas experimentais, ambientes sombrios e repletos de tensão para um techno/ambient/pop requintado.
“It remains as disquieting and spectral as anything Stott has done, but its newfound guile is such that it no longer needs to bludgeon listeners into submission to strike a killer blow.” 
XLR8R
‘FAITH IN STRANGERS’
Andy Stott

16.11.14

Cinema - Prémios
LISBON & ESTORIL FILM FESTIVAL '14 
Prémios da Selecção Oficial 
‘Amour Fou’, de Jessica Hausner, vence Prémio Melhor Filme


O filme ‘Amour Fou’, da realizadora austríaca Jessica Hausner, foi distinguido com o Prémio Melhor Filme atribuído pelo Lisbon & Estoril Film Festival. A comédia dramática mostra Berlim, no período do Romantismo (1811), onde um jovem poeta deseja superar a inevitabilidade da morte através do amor. O júri internacional do LEFFEST ‘14 distinguiu ‘Amour Fou’ entre 12 longas-metragens de 11 países em competição.
A edição de 2014 do LEFFEST contou com mais de 20 realizadores internacionais e quatro dezenas de convidados divididos entre actores, escritores e artistas. Sessões paralelas como homenagens (Maria de Medeiros e John Malkovich), retrospectivas (Marlen Khutsiev), concertos (Arto Lindsay), encontros e exposições compuseram o programa.
Sessão especial para exibição do filme premiado no domingo, 16 de Novembro às 21h30 no Medeia Monumental.  

PALMARÉS LEFFEST '14  
Prémio Melhor Filme  
‘Amour Fou’ (2014 Áustria), de Jessica Hausner, com Christian Friedel e Birte Schoeink. 
Prémio Especial do Júri  
‘Phoenix’ (2014 Alemanha), de Christian Petzold, com Nina Hoss e Ronald Kunzendorf.
‘AMOUR FOU’
Jessica Hausner 
Lisbon & Estoril Film Festival - Prémio Melhor Filme 2014

14.11.14

Filme - Estreia a 27 de Novembro no Medeia Monumental e Midas Cinema Ideal
‘BOYHOOD - MOMENTOS DE UMA VIDA’ 
de Richard Linklater 
com Ellar Coltrane e Patricia Arquette
(2014 IFC Productions)


Mason, de seis anos, é acompanhado ao longo de uma década da sua vida, pelo meio de um turbilhão de mudanças e controvérsias familiares, novas escolas e primeiros amores. Tempos memoráveis e assustadores e uma constante miscelânea de desgostos e deslumbres. 
Um drama do realizador norte-americano Richard Linklater, de 54 anos, autor de ‘Before Sunrise - Antes do Amanhecer’ (1995), ‘Waking Life’ (2001), ‘The School of Rock’ (2003), ‘Before Sunset - Antes do Anoitecer’ (2004) e ‘Before Midnight - Antes da Meia-Noite’ (2013).
Berlinale - Silberner Bar Beste Regie 2014 (melhor realizador)
“What an astonishing achievement; what a beautiful movie.” 
The Guardian
“Richard Linklater’s masterpiece, he isn’t fighting time but embracing it in all its glorious and agonizingly fleeting beauty.” 
The New York Times
“Aussi documentaire qu’expérimental, ‘Boyhood’ dépasse brillamment ce dispositif par le récit, ne sacrifiant pas le plaisir au concept.” 
Cahiers du Cinéma
‘BOYHOOD’
Richard Linklater

10.11.14

Filme - Estreia a 20 de Novembro no Medeia Monumental
‘DEUX JOURS, UNE NUIT - DOIS DIAS, UMA NOITE’
de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne
com Marion Cotillard, Fabrizio Rongione
(2014 Les Films du Fleuve)


Sandra, de 30 anos, tem apenas um fim-de-semana para, com a ajuda do marido, convencer os colegas de trabalho a desistirem dos seus bónus para que ela mantenha o emprego, uma tarefa difícil na economia dos nossos dias.
Um drama dos irmãos Dardenne, dupla de realizadores belgas de 63 e 60 anos, respectivamente, autores de ‘Rosetta’ (1999), ‘L’Enfant - A Criança’ (2004), ‘Le Silence de Lorna - O Silêncio de Lorna’ (2008) e ‘Le Gamin au Vélo - O Miúdo da Bicicleta’ (2011).
“A tense dramatic situation and a subtly magnificent central performance add up to an outstanding new movie from the Dardenne brothers.” 
The Guardian
“Suspense habile, déploie un système de boucles et de répétitions dont la beauté est de toujours dissimuler ses rouages. Toute la richesse du film tient dans les variations infimes.” 
Les Inrockuptibles
“Le film le plus schématique et le plus caricatural des frères Dardenne.” 
Cahiers du Cinéma
‘DEUX JOURS, UNE NUIT’
Jean-Pierre Dardenne 
Luc Dardenne

8.11.14

CD - Álbum
‘CLARK’
Clark 
(2014 Warp) 


O músico electronic/techno inglês Chris Clark, actualmente a residir em Berlim, mistura e processa sons orgânicos e gerados por computador, para criar uma sonoridade electrónica tensa, entre a escuridão e a exuberância. Desde 2001 lançou sete álbuns e numerosas remixes.
Clark regressa agora com o novo álbum ‘Clark’, com uma abordagem electronic/techno/club dance mais dura na construção de imponentes estruturas sonoras e melodias inebriantes. Um álbum cheio de ideias e energia, ambientes caóticos e dramáticos e ritmos robustos. Essencial.
“The white-hot bursts of energy are all the more thrilling for their scarcity, and as such, these moments linger in the memory as a sort of post-euphoric haze. Exceptional album.” 
XLR8R
‘MORE BERGHAIN THAN GUGGENHEIM’
Clark



‘SUPERSCOPE’
Clark

6.11.14

Cinema - Mostra
FESTA DO CINEMA ROMENO 
De 19 a 23 de Novembro na Culturgest 
(2014 Instituto Cultural Romeno / Indielisboa)


A Festa do Cinema Romeno pretende, anualmente, revelar talentos emergentes e realizadores consagrados que dão corpo a um cinema que se reinventa partindo da ficção, que luta contra a falta de espectadores, preconceitos e o mito de que não é preciso mudar de estatuto. Daí a importância das novas vozes, vindas da UNATC e outras escolas, continuarem a mostrar-se fora da Roménia.
É tempo de voltar a celebrar uma prolífica nova vaga de jovens cineastas que tem feito crescer uma tradição cinematográfica singular, que encontra no realismo a sua grande força. O realizador Radu Jude, de 37 anos, é o grande homenageado desta edição, com uma retrospectiva integral da sua filmografia.
Bilhetes à venda na Culturgest por 3,50 euros.

SELECÇÃO 
Quinta, 20 de Novembro às 21h30 
‘Cea mai Fericita Fata din Lume - The Happiest Girl in the World’ (2009)
De Radu Jude, com Andreea Bosneag, Doru Catanescu. 
Uma jovem que ganhou um carro num concurso tem de ir a Bucareste gravar um anúncio a agradecer ao patrocinador. Os pais já querem vender o carro. 
Sexta, 21 de Novembro às 21h30 
‘Toata Lumea din Familia Noastra - Everybody in Our Family’ (2012)
De Radu Jude, com Serban Pavlu, Sofia Nicolaescu. 
O que poderia ser um início de férias feliz transforma-se num pesadelo para um pai que quer estar com a sua filha, de quem vive separado, por força do divórcio.
CELEBREMOS O CINEMA ROMENO
Festa do Cinema Romeno

2.11.14

DJ Set
TINK! AT THE BOX 
Ricardo Saló 
Sexta, 14 de Novembro a partir da 01h00 no Musicbox Lisboa


Fundada por Joseph Salvador no final da década de 1980, a TINK! Music é uma plataforma editorial de música electrónica constituída pela editora Tomorrow Is Now, Kid! e pelo estúdio Portland Sound Studio. A TINK! Music chega agora ao Musicbox Lisboa para o evento de estreia de uma nova residência editorial com artistas que edita e um convidado especial.
O alinhamento começa com a prestação do nome de referência Ricardo Saló. Jornalista, crítico de música ('Expresso Atual') e radialista (XFM e Voxx), Ricardo Saló desenvolve uma carreira de quatro décadas, no curso da qual se estabeleceu como figura de relevo sobre música electrónica ou de raízes afro-americanas. Um facto estético.
Bilhetes à venda à entrada por 5 euros.
«Uma das pessoas mais influentes na evolução do gosto musical dos portugueses nas décadas de 1980, 90 e pelos 2000 dentro.» 
Isilda Sanches (Oxigénio)
RICARDO SALÓ
TINK! at the Box


30.10.14

BD - Troféus
PRÉMIOS NACIONAIS DE BANDA DESENHADA
Amadora BD - 25º Festival Internacional de Banda Desenhada
(CM Amadora / CNBDI)


O festival Amadora BD acaba de atribuir os Prémios Nacionais de Banda Desenhada que funcionam como elemento credibilizador do panorama português, distinguindo e consagrando edições e personalidades nacionais e estrangeiras cuja actividade se desenvolve no circuito da banda desenhada.
A atribuição dos troféus passou pelas fases de candidatura (apresentação dos livros a concurso), nomeação (selecção por júri dos álbuns finalistas para cada uma das categorias) e votação (o júri volta a pronunciar-se identificando o vencedor de cada categoria). O júri foi presidido por Nelson Dona, director do Amadora BD - Festival Internacional de Banda Desenhada.

PRÉMIOS NACIONAIS DE BANDA DESENHADA 
Amadora BD 
Melhor Álbum de Autor Estrangeiro 
‘As Serpentes de Água’ de Tony Sandoval (Kingpin Books) 
Clássicos da 9ª Arte 
‘Maus’ de Art Spiegelman (Bertrand Editora) 
Melhor Álbum de Tiras Humorísticas 
‘No Presépio’ de Álvaro e José Pinto Carneiro (Insónia/Álvaro Santos) 
Melhor Álbum Português 
‘Zona de Desconforto’ de Amanda Baeza, André Coelho, Cristina Casnellie, Daniel Lopes, David Campos, Francisco Sousa Lobo, José Smith Vargas, Júlia Tovar, Ondina Pires e Tiago Baptista (Chili com Carne)  
Melhor Álbum de Autor Português em Língua Estrangeira
‘Safe Place’ de André Pereira e Paula Almeida (Kingpin Books)
AMADORA BD
Prémios Nacionais de Banda Desenhada


28.10.14

Exposição - Arte Contemporânea
‘OBJECTOS IMEDIATOS’ 
José Pedro Croft 
Até 11 de Janeiro na Cordoaria Nacional


A exposição ‘Objectos Imediatos’, de José Pedro Croft, apresenta escultura dos últimos doze anos. Muitas das obras agora apresentadas são inéditas, ou nunca foram apresentadas em Portugal. Com curadoria de Delfim Sardo, as esculturas são aqui colocadas em evidência, permitindo compreender melhor as articulações internas do seu percurso artístico.
A obra de José Pedro Croft transita sem hierarquias entre escultura, desenho e gravura. Incorpora nas suas obras peças quotidianas, como cadeiras e mesas, criando volumes ordenados de maneira a produzir memórias e pondo à prova a estabilidade, o peso e a sua disposição. Introduziu o espelho e a fragmentação de objectos, criando assim uma nova espacialidade através da desconstrução. José Pedro Croft, de 57 anos, está representado nas colecções do MAM Rio e Pinacoteca São Paulo (Brasil), CAV Fundación Helga de Alvear (Espanha), Albertina (Áustria) e Centre Pompidou (França). 
Sábados e domingos das 14h00 às 18h00. 
“A obra de José Pedro Croft é um universo em que se alia a um forte diálogo crítico com a tradição da cultura, uma singularidade intensa.” 
Público Ípsilon
JOSÉ PEDRO CROFT
'Objectos Imediatos'


26.10.14

Cinema - Mostra
LISBON & ESTORIL FILM FESTIVAL ‘14 
LEFFEST 
De 07 a 16 de Novembro no Medeia Monumental e Espaço Nimas


Todos os anos o Lisbon & Estoril Film Festival aposta na descoberta de novos talentos, na melhor selecção de filmes em competição, na homenagem a personalidades marcantes através de retrospectivas ou nas mostras integrais de cineastas raros e em exposições de criações de artistas cuja obra está marcadamente associada ao cinema.
Em 2014, o LEFFEST contará com mais de 20 realizadores internacionais e mais de quatro dezenas de convidados divididos entre actores, escritores e artistas. O júri internacional atribuirá Prémios Selecção Oficial às 12 longas-metragens em competição. Sessões paralelas como homenagens (Maria de Medeiros e John Malkovich), retrospectivas (Marlen Khutsiev), concertos (Arto Lindsay), encontros e exposições completam o programa.
Bilhetes à venda no cinema Medeia Monumental por 7 euros. 

SELECÇÃO 
Domingo, 16 de Novembro 
21h30 Medeia Monumental Sala 4 - Filme Vencedor (Competição Oficial) 
Grande Prémio LEFFEST

LEFFEST
Lisbon & Estoril Film Festival '14

24.10.14

Cinema Documental - Prémios
DOCLISBOA ‘14 
12º Festival Internacional de Cinema 
‘Fu Yu Zi’, de Wang Bing, vence Grande Prémio para Melhor Longa-Metragem da Competição Internacional


O documentário ‘Fu Yu Zi’, do realizador chinês Wang Bing, foi distinguido com o Grande Prémio para Melhor Longa-Metragem Documental atribuído pelo Doclisboa ‘14. O filme mostra a vida de um um operário chinês que vive com os seus dois filhos numa cabana da fábrica, com uma única cama. O júri internacional do Doclisboa ‘14 distinguiu ‘Fu Yu Zi’ entre 11 longas-metragens de nove países em competição.
O Doclisboa apresenta todos os anos em antestreia os melhores documentários da última temporada e reúne uma série de programações não competitivas, com o objectivo de criar uma nova consciência da riqueza, diversidade e potencialidades do cinema do real.
O documentário ‘Fu Yu Zi’ volta a ser exibido no domingo, 26 de Outubro às 19h00 no Cinema São Jorge.

PALMARÉS DOCLISBOA ‘14 
Grande Prémio para Melhor Longa-Metragem da Competição Internacional 
‘Fu Yu Zi’ de Wang Bing (2014 China 87’) 
Prémio Especial do Júri da Competição Internacional 
‘Letters to Max’ de Eric Baudelaire (2014 França 103′) 
Prémio para Melhor Primeira Obra transversal às Competições e Riscos 
‘Songs from the North’ de Soon-Mi Yoo (2014 Coreia do Sul 72’)
‘FU YU ZI - FATHER AND SONS’
Wang Bing 
Doclisboa ‘14 - Grande Prémio para Melhor Longa-Metragem da Competição Internacional


16.10.14

BD - Novela Gráfica
‘HABIBI’ 
Craig Thompson 
(2014 Devir / Biblioteca de Alice) 


No Médio Oriente, a jovem escrava Dodola escapa dos seus captores e resgata um bebé abandonado a que dá o nome Zam. Juntos vão viver num velho barco no deserto. À medida que crescem alternam o seu relacionamento de mãe e filho, de irmão e irmã e amantes. Dodola é forçada a prostituir-se para os comerciantes do deserto, enquanto Zam procura um meio alternativo de subsistencia, até que ela é capturada pelo sultão.
Publicada originalmente nos Estados Unidos em 2011 pela Pantheon Books, a novela gráfica ‘Habibi’ apresenta um estilo gráfico inspirado na caligrafia árabe e nas narrativas islâmicas, numa edição de capa dura com 670 páginas a preto e branco. Desenhador e argumentista, o norte-americano Craig Thompson, de 39 anos, é autor da novela gráfica autobiográfica ‘Blankets’ (2011 Devir).
Eisner Awards - Best Writer/Artist 2012 
"Relentlessly virtuosic. It is a tribute to Craig Thompson's skill as a cartoonist that the transition from an old fashioned Orient to modern Babylon leaves few visual seams."
The New York Times
A HIGHLY ANTECIPATED NEW GRAPHIC NOVEL
Craig Thompson

14.10.14

CD - Álbum
'OUR LOVE' 
Caribou 
(2014 Merge) 


Daniel Snaith é o músico de electrónica, multi-instrumentista e matemático canadiano que desenvolveu o projecto Manitoba, entre 2003 e 2005, e depois se passou a apresentar como Caribou, projecto sob o qual lançou ‘Andorra’ (2007 Merge) e ‘Swim’ (2010 Merge), álbuns house/pop dance de grande elegância sónica e experimental, absolutamente imperdíveis. Seguiu-se ‘Jiaolong’ (2012 Merge), um álbum editado sob o novo projecto Daphni, que revelou um som house/leftfield mais orgânico e directo às pistas de dança.
Caribou lança agora ‘Our Love', um novo álbum menos melódico e mais virado para a pista de dança, onde recorre a sintetizadores e arranjos house/jazz/ambient entre a melancolia e a euforia. Riqueza vibrante e puro equilíbrio, num dos álbuns mais luminosos do ano na electrónica.
"This is rich, strange, endlessly fascinating music. A subtle, beautiful triumph." 
The Guardian
"Danceable, intelligent and always emotionally charged and Dan Snaith’s most profound and accomplished piece of work to date." 
Mixmag
'OUR LOVE'
Caribou

12.10.14

Banda Desenhada - Festival
AMADORA BD 
25.º Festival Internacional de Banda Desenhada 
De 24 de Outubro a 09 de Novembro na Brandoa - Amadora
(CNBDI) 


A edição de 2014 do festival de banda desenhada Amadora BD apresenta como tema central '25 Anos', que focará a banda desenhada contemporânea, as temáticas, formas de difusão, suportes e a relação entre autor e leitor. O local principal de exposição é o Fórum Luís de Camões, na Brandoa - Amadora.
O programa do festival, que tem como director Nelson Dona, contempla exposições, presença de autores nacionais e estrangeiros (sessões de autógrafos, debates e colóquios, novidades editoriais e workshops), espaço comercial (feira do livro de banda desenhada), concertos e animação infantil. No âmbito do Amadora BD, serão atribuídos os Prémios Nacionais de Banda Desenhada que funcionam como elemento credibilizador do panorama português de banda desenhada.
Bilhete de entrada por 3 euros.

EXPOSIÇÕES
Galáxia XXI 
75 Anos de Batman 
50 Anos da Mafalda 
Ano Editorial Português 
‘Surfista Prateado - Parábola’
AUTORA EM DESTAQUE
Joana Afonso
LANÇAMENTOS 
‘Habibi’ de Craig Thompson (2014 Devir/Biblioteca de Alice) 
‘I Kill Giants - Eu Mato Gigantes' de Joe Kelly e JM Ken Niimura (2014 Kingpin Books)
AUTORES PRESENTES
JM Ken Niimura (Espanha) 
François Ayroles (França) 
Eric Shanower (Estados Unidos) 
Joe Stanton (Estados Unidos) 
Thomas Grindberg (Estados Unidos)
25 ANOS
Amadora BD



10.10.14

Concertos e DJ Sets
LUX CURATED BY JOHN TALABOT
Green Ray by Heineken 5 Anos 
Sexta, 24 de Outubro no Lux


Ao longo de uma década de programação cresceram cumplicidades entre o club Lux e DJs convidados e admirados. Algumas deles são o centro das noites ‘Green Ray’. Heróis que, por uma noite apenas, são convidados a serem curadores / programadores. É-lhes dada carta-branca para construírem o seu cartaz de sonho, ocupando ambos os pisos do club com concertos e DJs. Em Outubro, é a vez de 'Lux curated by John Talabot'.
Músico, DJ residente no club Razzmazztaz de Barcelona, produtor house/disco e fundador da editora Hivern Discs, o espanhol John Talabot lançou quatro singles desde 2009 para além de uma série de remixes caracterizadas pela produção ensolarada para as pistas de dança. Com o álbum de estreia ‘Fin’ (2012 Permanent Vacation), afirmou o seu talento para captar uma alegria nostálgica mediterrânica associada à dance music. House/disco melancolicamente feliz, dançável e triunfante.
Bilhetes à venda na loja de discos Flur por 15 euros. 

LUX CURATED BY JOHN TALABOT 
Green Ray by Heineken 5 Anos 
Lena Willikens. DJ e produtora techno/disco/new wave alemã. 
C.P.I. Dupla de DJs acid/tecnho espanhola. 
Edward (live). DJ deep/house alemão. 
Barnt. DJ deep/house alemão fundador da editora Magazine. 
John Talabot. DJ e produtor house/electro/disco espanhol.
BOILER ROOM MIAMI 2013
John Talabot

4.10.14

Cinema - Festival
DOCLISBOA‘14 
12º Festival Internacional de Cinema 
De 16 a 26 de Outubro na Culturgest, Cinema São Jorge, Cinema City Campo Pequeno e Cinema Ideal
(Apordoc) 


Organizado pela Apordoc - Associação pelo Documentário, o Doclisboa apresenta em antestreia os melhores documentários da última temporada e apresenta-se na sua 12ª edição como um festival cuja proposta nasce do duplo desafio de pensar o cinema como campo simultaneamente artístico e político e como força de inscrição no real.
O festival internacional de cinema documental pretende dar ao público novas formas de pensar, de ver o mundo e de comunicar, mostrando filmes importantes e premiados. Com direcção de Cíntia Gil e Augusto M. Seabra, o Doclisboa vai exibir nesta edição 250 documentários (109 longas e 141 curtas-metragens) de 40 países. A programação inclui a Competição Nacional e Internacional, secções paralelas e retrospectiva.
Bilhetes à venda na Culturgest por 4 euros. 

SELECÇÃO 
Domingo, 26 de Outubro 
16h15 Cinema São Jorge (Sala 3) - Filme Premiado Melhor Primeira Obra
Prémio para a melhor primeira obra transversal à Competição Internacional, Investigações e Riscos 
19h00 Cinema São Jorge (Sala Manuel de Oliveira) - Filmes Premiados Competição Internacional 
Prémio para melhor curta-metragem da Competição Internacional 
Grande prémio para melhor longa-metragem da Competição Internacional
21h15 Cinema São Jorge (Sala 3) - Filme Premiado Doclisboa
Prémio especial do júri para a Competição Internacional
EM OUTUBRO O MUNDO INTEIRO CABE EM LISBOA
Doclisboa'14

2.10.14

Filme - Estreia a 09 de Outubro no Medeia Monumental
‘AIMER, BOIRE ET CHANTER - AMAR, BEBER E CANTAR’ 
de Alain Resnais 
com Sabine Azéma e Hippolyte Girardot
(2014 F Comme Film)


Na província de Yorkshire, em Inglaterra, a vida campestre de três casais é perturbada pelo enigmático amigo comum George Riley, que corre o risco de ter os dias contados. O casal que ensaia uma peça de teatro, convence George a juntar-se ao grupo e este acaba por seduzir as três mulheres.
Uma comédia dramática do realizador francês Alain Resnais (1922-2014), autor de 'Mon Oncle d’Amérique - O Meu Tio da América' (1980), 'Mélo' (1986), 'Smoking/No Smoking' (1993), 'On Connaît la Chanson - É Sempre a Mesma Cantiga' (1997), ‘Coeurs - Corações’ (2006), ‘Les Herbes Folles - As Ervas Daninhas’ (2009) e ‘Vous n’Avez Encore Rien Vu - Vocês Ainda Não Viram Nada’ (2012).
Berlinale - Preize der FIPRESCI 2014 (prémio da crítica)
“Alain Resnais donne dans l'épure maximale. Film jubilatoire. La dernière pirouette d'un magicien du cinéma avant son adieu à la scène.” 
Le Monde
“La rythmique des scènes est volontairement travaillée pour laisser un laps de temps incertain entre les mots d’auteur bien placés et le rire inaudible que les comédiens-personnages cherchent désespérément à provoquer.” 
Libération
‘AIMER, BOIRE ET CHANTER’
Alain Resnais

30.9.14

CD - Álbum
‘SYRO’ 
Aphex Twin 
(2014 Warp) 


Nome artístico do músico e produtor electronic inglês Richard David James, Aphex Twin desenvolve um influente e criativo techno/electro/ambient marcado por linhas harmónicas sombrias e elaboradas, batidas abrasivas e texturas orginais. Em 1991 fundou a editora Rephlex, para depois se estrear como álbum ‘Selected Ambient Works 85-92’ (1992 Apollo), a que se seguiram mais quatro álbuns até 2001.
Treze anos depois, Aphex Twin regressa com o novo álbum ‘Syro’ e a sua sonoridade techno/ambiente artesanal com referências funk/electro/jazz e batidas drum&bass. Um álbum de música de dança inteligente e inspirada, ainda que sem inovar, que se coloca entre os melhores do ano na electrónica.
“'Syro' will probably not win over a new generation of fans, but as a continuation of everything that has made Aphex Twin compelling, it's a triumph.” 
XLR8R
“He's not afraid of familiarity, or of offering up pure pleasure to the listener. This is an electronica album, but it is also a soul record.” 
Mixmag
‘MINIPOPS 67’
Aphex Twin

28.9.14

Filme - Estreia a 09 de Outubro no Midas Cinema Ideal
‘VOUS N’AVEZ ENCORE RIEN VU - VOCÊS AINDA NÃO VIRAM NADA’ 
de Alain Resnais 
com Mathieu Amalric e Pierre Arditi
(2012 F Comme Film) 


Antoine d'Anthac, célebre dramaturgo, convoca além-túmulo, todos os amigos que interpretaram a sua peça de teatro ‘Eurydice’. Os actores têm por missão ver uma gravação da obra por parte da jovem Compagnie de la Colombe e decidir se o amor, a vida, a morte e o amor depois da morte ainda têm lugar num palco de teatro.
Um drama do realizador francês Alain Resnais (1922-2014), autor de 'Mon Oncle d’Amérique - O Meu Tio da América' (1980), 'Mélo' (1986), 'Smoking/No Smoking' (1993), 'On Connaît la Chanson - É Sempre a Mesma Cantiga' (1997), ‘Coeurs - Corações’ (2006) e ‘Les Herbes Folles - As Ervas Daninhas’ (2009).
“A quelque chose d'ingrat et de malaisant, pèche parfois par des longueurs et des passages plus faibles que d'autres. Pourtant c'est aussi un film dont la bizarrerie n'en finit pas de hanter.” 
Cahiers du Cinéma
“Elegant meditation on the relationship between reality and artifice. But it is a thought-experiment driven above all by emotion.” 
 The New York Times
“Despite its moments of charm and caprice, the film is prolix, inert, indulgent and often just plain dull.” 
 The Guardian
‘VOUS N’AVEZ ENCORE RIEN VU’
Alain Resnais

26.9.14

Livro - Romance
‘OS LUMINARES’ 
Eleanor Catton 
(2014 Bertrand Editora) 


O jovem inglês Walter Moody, recém-chegado à isolada localidade de Hokitika, na remota Nova Zelândia do século XIX, procura descanso após a tumultuosa viagem de barco. Sem perceber, acaba por interromper uma reunião secreta de moradores de Hokitika, que tentam resolver um mistério. Entre a corrida ao ouro, o tráfico de ópio e a prostituição, o grupo de excêntricos desvenda a morte de um eremita e o desaparecimento do homem mais rico da localidade.
Um romance da escritora neozelandesa, de ascendência canadiana, Eleanor Catton, de 29 anos, autora de ‘O Ensaio’ (2011 Gradiva).
Booker Prize - Fiction 2013 
"’The Luminaries’ is a true achievement. Eleanor Catton has built a lively parody of a 19th-century novel, and in so doing created a novel for the 21st, something utterly new."
The New York Times
"Every sentence of this intriguing tale is expertly written, every cliffhanger chapter-ending making us beg for the next to begin." 
The Guardian
‘THE LUMINARIES’
Eleanor Catton 
(BBC)

24.9.14

DJ Set
BEN KLOCK
Berghain Berlin resident
Quinta, 09 de Outubro no Lux


O DJ techno e produtor alemão Ben Klock é uma das mais influentes figuras da cena electrónica de Berlim. Como DJ residente no club Berghain, desde a sua abertura em 2004, conseguiu deixar uma marca vincada na sonoridade do espaço e reputação internacional através de longos DJ sets hipnóticos, duros mas subtis, compostos de pesados grooves. Ben Klock editou o álbum DJ mix ‘Berghain 04’ (2004 Ostgut Ton), fundou a editora Klockworks, em 2006, e lançou o álbum de originais ‘One’ (2009 Ostgut Ton).
Mais recentemente, Ben Klock apresentou o álbum DJ mix ‘Fabric 66’ (2012 Fabric Records), um somatório dos variados tons de techno que compõem o seu universo sonoro. Agora, regressa ao Lux para abrir a pista a golpes de luz e kick-drums.
Bilhetes à venda na loja de discos Flur por 12 euros.
“A música de dança como celebração e reflexo da vida, em todas as suas cambiantes de luz, é um princípio unificador da magia que Ben Klock faz, seja em Berlim ou mais além.”
Lux
BOILER ROOM BERLIN 2013
Ben Klock

22.9.14

Cinema - Mostra
15ª FESTA DO CINEMA FRANCÊS 
O melhor e mais recente do cinema francês 
De 02 a 18 de Outubro no Cinema São Jorge
(Institut Français du Portugal) 


A Festa do Cinema Francês é um festival de antestreias de longas-metragens de produções francesas recentes e inéditas em Portugal. Nesta edição, com uma programação inspirada na diversidade e no convívio, são mostrados 24 filmes em antestreia (metade dos quais com distribuição portuguesa assegurada) que constituem um largo panorama da diversidade da produção francesa.
Entre as sessões paralelas destaque para o Ciclo Alain Resnais, Ciclo Marcel Pagnol e O Universo da Animação. Os Padrinhos desta edição são o grupo de bailarinos Movimento DansasAparte. Como convidados estarão ainda os realizadores Jean-Pierre Sinapi, Pascal Tessaud, Fabianny Deschamps e Anne Fontaine.
Bilhetes à venda no Cinema São Jorge e Fnac por 3,50 euros. 

SELECÇÃO 
Filmes sem distribuição portuguesa assegurada 
Quinta, 02 às 21h00 e Domingo, 12 às 17h00
‘La Cour de Babel’ (2014), de Julie Bertuccelli. 
Jovens estrangeiros entre os 11 e os 15 anos aprendem francês num liceu parisiense.
Sábado, 04 às 21h00 

‘Vandal’ (2013), de Hélier Cisterne, com Zinedine Benchenine e Chloé Lecerf. 
Chérif vive com os tios em Estrasburgo e tira o curso de pedreiro quando descobre o mundo do grafiti.
DEMORA A ACREDITAR, MAS O CINEMA FRANCÊS ESTÁ DIFERENTE
15ª Festa do Cinema Francês

20.9.14

CD - Álbum
‘PUNISH, HONEY’
Vessel
(2014 Tri Angle)


O músico e produtor inglês Sebastian Gainsborough integra o colectivo de produtores ambient/dubstep/hip hop Young Echo, baseado em Bristol, e desenvolve o projecto techno/experimental/leftfield Vessel sob o qual se estreou com o álbum ‘Order of Noise’ (2012 Tri Angle).
Vessel regressa agora com o novo álbum ‘Punish, Honey’ (2014 Tri Angle) onde opta por uma electrónica com recurso a folhas de metal, guitarras artesanais, ruído e uma instrumentação mais orgânica. A sonoridade electronic/industrial, nem futurista nem nostálgica, resulta dançável e mecanizada. Um álbum sólido de electrónica bruta e tensa.
“There’s a wonderful marriage of noise-driven sonics and striking melodics at play.” 
Juno Plus
“A newly brutal approach. As career turning points and transformations go, this album is an accomplished one.” 
XLR8R
‘RED SEX’
Vessel 

18.9.14

Filme - Estreia a 02 de Outubro no Medeia Monumental
‘DIE ANDERE HEIMAT - HEIMAT, CRÓNICA DE UMA NOSTALGIA (PARTE 1)’ 
de Edgar Reitz 
com Jan Dieter Schneider e Antonia Bill
(2013 ERF) 


Numa vila de Hunsruck, no meio do século XIX, Jacob é o filho mais novo de uma família pobre de agricultores e artesãos alemães. Mesmo com condições precárias de vida, ele cultiva o hábito da leitura. Com um anseio de ir para o Brasil recomeçar a vida, aprende as línguas da selva. No entanto, suas tentativas de emigrar para o Brasil são sempre frustradas por novos obstáculos
Primeira de duas partes do drama histórico do realizador alemão Edgar Reitz, de 82 anos, autor de curtas-metragens e séries televisivas.
‘Heimat, Crónica de uma Nostalgia (Parte 2)’ estreia a 09 de Outubro no Medeia Monumental. 
"Un vrai sens du romanesque dans un bel écrin noir et blanc."
Les Inrockuptibles
"Le souci de la belle image en noir et blanc et la volonté de faire œuvre d’art sont manifestes. Une esthétique recherchée, solennelle et majestueuse. La forme fait ici écran." 
Cahiers du Cinéma
‘DIE ANDERE HEIMAT - CHRONIK EINER SEHNSUCHT’
Edgar Reitz

8.9.14

Corrida Nocturna
MEO URBAN TRAIL
12 km Lisboa
Sábado, 20 de Setembro às 21h00


Lisboa é cidade de luz, colinas e monumentos. É neste cenário, de uma cidade que do alto das suas colinas se estende até ao Tejo, que se realiza a prova do circuito Urban Trail. Vai ser permitido aos participantes descobrir vielas e escadas, muralhas e castelo seculares, jardins, miradouros e monumentos.
Com partida e chegada na Praça do Comércio, a corrida de 12 km vai passar pela Calçada da Bica, Bairro Alto, Miradouro de São Pedro de Alcântara, Calçada do Elevador da Glória, Estação Metro Restauradores, Elevador/Calçada do Lavra, Praça da Figueira, Caracol da Graça, Igreja São Vicente Fora, Panteão e Alfama.
Inscrições nas lojas Fnac até 18 de Setembro, por 23 euros, com oferta de kit (t-shirt, luz frontal de cabeça, dorsal, chip e saco de costas).
DESCOBRIR E ILUMINAR A CIDADE
MEO Urban Trail

6.9.14

Festival - Cinema
VENEZIA 71 
Mostra Internazionale d'Arte Cinematografica 2014 
‘En Duva Satt Pa en Gren och Funderade Pa Tillvaron’, de Roy Andersson, vence Leone d'Oro.


O filme ‘En Duva Satt Pa en Gren och Funderade Pa Tillvaron’, do realizador sueco Roy Andersson, foi galardoado com o 'Leone d’Oro' para o melhor filme em competição na Venezia 71, a edição de 2014 do festival de cinema de Veneza (Itália). A comédia dramática encerra uma trilogia do autor e conta a historia de dois homens cansados ​​do mundo numa viagem de vendas. O realizador Roy Andersson, de 71 anos, é autor de ‘Sanger fran Andra Vaningen’ (2000) e ‘Du Levande’ (2007).
Integrada na exposição internacional de artes La Biennale di Venezia, a Mostra Internazionale d'Arte Cinematografica, o mais antigo festival de cinema do mundo, realizou-se no Lido entre 27 de Agosto e 06 de Setembro. O júri que apreciou as 20 longas-metragens em competição e estreia mundial foi presidido pelo compositor francês de bandas sonoras Alexandre Desplat.

PREMI UFFICIALI 
Leone d’Oro (melhor filme) 
‘En Duva Satt Pa en Gren och Funderade Pa Tillvaron’ (Suécia), de Roy Andersson. 
Leone d’Argento (melhor realizador) 
‘Belye Nochi Pochtalona Alekseya Tryapitsyna’ (Rússia), de Andrey Konchalovskiy. 
Gran Premio della Giuria (prémio especial do júri) 
‘The Look of Silence’ (Estados Unidos), de Joshua Oppenheimer.